Sobre a Fé

Se tornar mãe ou pai é o começo genuíno de um esforço para ser alguém melhor. Queremos criar pessoas do bem, honestas, dedicadas, felizes. E assim, percebemos que não há outro jeito senão o sermos também. Passamos a ser mais tolerantes, reciclar o lixo, dar bom dia com mais atenção aos outros, na tentativa de mostrar aos pequenos como se faz. É claro que acabamos falhando um milhão de vezes nesta tarefa, somos perfeitamente imperfeitos. E tudo bem, seguimos tentando. Mas, se há algo que não podemos falhar, é no que diz respeito a ensiná-los sobre a fé.

Fé é a crença naquilo que supostamente não vemos. Estranho pensar assim, porque para mim ela é bastante real, quase tangível. Cresci sabendo quem era Jesus, assim como você também meu amor. E nosso relacionamento com Ele é como qualquer relacionamento. Quanto mais próximos estamos, quanto mais conversamos, mais nos conhecemos, mais presentes somos um para o outro.

Todos os dias pedi a Deus por você. Logo que você chegou, tão pequeninha, minhas orações eram apenas para que você crescesse com saúde, na graça de Deus. Se você tivesse isso tudo mais seria um bônus. Depois pedi milhões de vezes que não ficasse doente, que dormisse a noite toda, que gostasse da escola, que fosse feliz.

Acho estranho imaginar uma vida sem fé. Sem dúvida seria mais difícil. Você perceberá em algum momento que é algo quase impossível de explicar aos outros. É algo para sentir. Se continuar conversando com Jesus em seus pensamentos, sua intuição ficará aguçada e você poderá saborear a Sua presença mesmo nas pequenas coisas, ouvirá Sua voz. É um conforto para a alma, suave ao coração.

A medida em que crescemos muitas vezes este relacionamento pode precisar de ajuda, mas você saberá o caminho de casa”. Quando grandes, temos a falsa impressão que somos nós quem mandamos nas coisas,  que temos algum controle. Na verdade não. Fazemos a nossa parte e torcemos pelo melhor. E é aí que está o x” da questão. O verdadeiro desafio da fé é a entrega. 

Quando você estiver passando por alguma dificuldade, converse com Jesus. Conte para Ele o que está acontecendo e simplesmente deixe-o agir. É difícil, eu sei, mas hoje, com 3 anos você faz assim antes de dormir. 

De todas as coisas que eu preciso te ensinar esta é a mais importante. Que sua fé cresça junto com você. Que se torne forte, consistente, vibrante.

Agora, enquanto te escrevo estamos exercitando nossa fé como nunca antes. Te confesso que não é fácil, mas espero poder ser para você agora o exemplo de que precisa. Vou pela fé, porque ela não costuma falhar.

Este texto faz parte da sessão Letters to my Brave Little Girl, onde falo pra ela o que não posso esquecer para que ela saiba que com fé e coragem poderá ser o que quiser.